Uma revisão de portas abertas de estudos clínicos, conceituais, de processos e resultados em psicanálise


Caro leitor,

Sejam bem-vindos à terceira edição do Análise de portas abertas de estudos de processos e resultados em psicanálise(ODR-III).


Microsoft Word - ODR-3 20150701


As duas edições anteriores da Open Door Review, a última da 2002 anos, foram sucessos consideráveis. Esperamos que com esta nova edição continuemos a ideia do ODR como um vasto compêndio de resumos e resumos que mostra a grande diversidade da pesquisa psicanalítica contemporânea. Para esta edição, fizemos algumas pequenas mudanças em nosso foco. Nossa política foi guiada pela ideia de que os principais destinatários são os clínicos da psicanálise, que deveriam ser encorajados a vasculhar o volume crescente de estudos de resultados e processos realizados durante a última década. Embora o foco da Open Door Review permaneça na pesquisa de processos e resultados em psicanálise, gostaríamos de afirmar que a pesquisa em psicanálise contemporânea não pode se restringir a esses dois domínios. Portanto, ampliamos nosso escopo.

A primeira parte lança um olhar sobre a pesquisa psicanalítica do passado ao presente. Marianne Leuzinger-Bohleber discute em seu capítulo introdutório que - nos cem anos da psicanálise - não apenas uma pluralidade de teorias foi desenvolvida, mas também uma pluralidade de procedimentos de pesquisa, que é um indicador para qualquer disciplina científica madura. Dominique Scarfone elabora esse ponto de vista em seu capítulo sobre pesquisa conceitual referente à tradição francesa da psicanálise. resume algumas das tradições de pesquisa na América do Sul, ilustrando que também temos uma pluralidade de diferentes culturas de pesquisa dentro do IPA.

In parte 2 Peter Fonagy fornece uma excelente visão geral das questões metodológicas e epistemológicas sobre o processo e pesquisa de resultados.

Parte 3 apresenta, sob uma variedade de subtítulos, projetos de pesquisa psicanalítica de autores que aceitaram nosso convite e constituem a parte principal da Open Door Review. É óbvio que o gênero de estudos sofisticados de resultados se tornou mais poderoso em seu escopo e relevância clínica. Decidimos resumir apenas os estudos de resultado e processo que foram publicados após 2000 (para estudos anteriores: ver Segunda Edição) Também incluímos alguns exemplos de pesquisa clínica sistemática, pesquisa conceitual, alguns estudos de casos clínicos e alguns estudos do campo crescente da neuropsicanálise. Decidimos não incluir o grande campo dos estudos psicanalíticos na pesquisa de desenvolvimento e prevenção.

Parte 4 fornece uma meta-análise bastante recente por Leichensring e Klein que analisa as evidências empíricas para a terapia psicodinâmica-psicanalítica para transtornos mentais específicos.

In parte 5 o ODR-3 reúne todas as referências bibliográficas que foram citadas na parte 3. Além disso, fornece em parte 6 uma lista de leitura que foi reunida pela American Psychoanalytic Association (recomendada por J. Clarkin).

Gostaríamos de aproveitar as vantagens desta publicação baseada na web para mudar a Open Door Review para um trabalho em andamento. Realmente encorajamos pesquisadores de todo o mundo a nos contatar, caso desejem contribuir com novos resumos. Esses novos resumos podem ser facilmente adicionados à edição existente.

Mas basta dizer por agora, as portas estão abertas, comece a ler!

Marianne Leuzinger-Bohleber e Horst Kächele
Editores em comissão do Comitê de Pesquisa da IPA
de Setembro de 2015

[email protegido]  |   [email protegido]


. clique aqui para visualizar o ODR-III como um PDF.